HIEROGAMIA – Variações sobre uma relação erótica com o sol / Gocho Versolari, poeta

 

Para nos amarmos,
o sol se torna uma mulher.
Jovem,
branco,
Preto,
com peitos grandes,
com pés pequenos.
Eu a conduzo à pedra do sacrifício
e lá eu a acaricio,
eu a penetro
até suas carnes
liquefazer e despeje
no ponto da minha alma
pronto feito com veludo e ouropel.
Então o sol será um homem,
e eu serei uma mulher.
Vou mover meus quadris para seduzi-lo.
Vou deixar ele me estuprar
sob um céu verde cheio de bandos.
As aves
eles terão caras de heróis,
e penas de poetas.
O sol vai me penetrar até a medula
e eu vou liquefazer
pra me derramar de júbilo
no ponto mais alto de seu entranhas.
Por do sol do cosmos
o sol e eu nos tornaremos andróginos.
Vamos trocar
órgãos genitais, carícias
De sêmen, de fluxos
planetas cúbicos nascerão.
Asteroids
terá a forma de obeliscos
e uma rosa instantânea feita de galáxias
vai explodir de repente.
no orgasmo azul
Vamos afundar
nas sombras misteriosas,
onde o silêncio e a luz serão amantes
capaz de dar à luz
a eternidade.

 

ashen_11_by_darkmatterzone

GOCHO VERSOLARI

Comenta. Comenta. Son importantes tanto las caricias como las bofetadas.

Este sitio usa Akismet para reducir el spam. Aprende cómo se procesan los datos de tus comentarios.